Como é que faço para me sustentar? Como faço dinheiro para viajar?

78FD18EC-9C09-4444-9F10-95E6C5D2941E

Nascer do Sol na Austrália 

Pois bem, eu não vos vou dar nenhuma receita milagrosa de como viajar pelo mundo sem dinheiro. Não! Não é nada disso! Possivelmente essa receita existe e por favor se alguém a tiver que a partilhe comigo porque eu também gostaria de viajar sem dinheiro. ☺️
Todos os dias me chegam mensagens que dizem ‘Teresa adoraria viajar assim mas não tenho dinheiro.’
Ouçam bem isto com atenção – Eu também não tenho dinheiro, não tenho muito dinheiro para viajar. O segredo é: eu vou fazendo esse dinheiro, eu vou criando meios para viajar, muitas vezes nem faço dinheiro propriamente mas crio maneiras de ficar num lugar ou ter refeições, e consigo-os com o meu trabalho como moeda de troca.
Mais importante que o dinheiro é o nosso trabalho, as nossas habilidades, os nossos dons… Temos que os usar para nos levarem onde queremos.

Como já vos contei eu comecei a viajar com 5000€. Mas claro que esses 5000€ não existem mais. Eu simplesmente multipliquei esses 5000€ algumas vezes. Como?
Trabalhei!
Por acaso vocês sabem que a Austrália é um dos países onde pagam melhor? E sabem que existe um visto que se chama Work&Holiday que vos permite trabalhar legalmente no país por um período inferior ou igual a um ano com a possibilidade de estender até aos dois?
Este é um dos muitos exemplos e comecei por ele pois foi na Austrália, onde trabalhei durante 3 meses, que ganhei bastante dinheiro que me permitiu voltar a viajar, e quando digo bastante, foi bem mais do que alguma vez fiz em qualquer trabalho em Portugal em 3 meses.
Agora se me dizem que não vos apetece trabalhar em qualquer coisa e não estão dispostos a arriscar, não estão dispostos a levar muitos ‘não’ até haver um ‘sim’, não estão dispostos a dormir em quartos partilhados com 20 camas, então fiquem no conforto da vossa casa porque também vão encontrar dificuldades quando viajam! Muitas! Eu trabalhei em muitas áreas diferentes na Austrália, que nada tinham a ver com o meu trabalho em Portugal.
Fiz babysitting, fiz petsitting, trabalhei numa carwash, trabalhei num restaurante de um italiano que gritava comigo a toda a hora porque eu não sabia falar bem inglês e me trocava toda nos pedidos, despedi-me, mudei de cidade e procurei outra vez, fiz limpeza num hostel em troca de dormida (muito comum na Austrália), fui empregada de mesa em eventos de catering, fiz promoções e entreguei flyers vestida de palhaça e de crocodilo.


Perdi a conta aos trabalhos que fiz por lá. Mas fiz. E de repente tinha ainda mais dinheiro de quando tinha saído de Portugal. E continuei a viajar.

O que vocês têm que delinear é uma estratégia e perceber quais os países em que a moeda é fraca e não vale a pena trabalhar em troca de dinheiro como a Malásia, Indonésia, Filipinas, Tailândia, Sri Lanka, Laos, Vietname, Camboja, Myanmar etc etc e como já perceberam estou a falar basicamente da Ásia pois foram os países por onde andei antes de chegar às Américas. E onde a moeda é forte, Austrália, Estados Unidos, Europa.
O que eu faço é: trabalho nos países onde a moeda é forte para poder gastar onde a moeda é fraca.

Por acaso eu consegui arranjar um trabalho na Tailândia onde me pagavam 10€ por dia, que não é nada, dizem vocês, mas na Tailândia não é mau de todo. Com esse dinheiro conseguia almoçar, jantar, pagavam-me quarto e ainda sobrava dinheiro para curtir. A razão mais forte pela qual o aceitei foi porque queria muito ter a experiência de viver nas ilhas Phi Phi, as mais badaladas da Tailândia por onde o Di Caprio andou a gravar A Praia há 18 anos atrás. ❤️

Outro grande meio que vos permite viajar para lugares sem gastar dinheiro e que eu sou grande, grande fã são os trabalhos voluntários. Esses ficam para sempre no coração e aquilo que nos dão e nos ensinam é tão mais importante que dinheiro!
Vou deixar este assunto dos voluntariados para um próximo texto pois estou muito cansada, fiz uma longa viagem de autocarro de 8 horas (viajar de autocarro ou comboio é sempre a maneira mais barata de viajar e também a melhor para conhecer verdadeiramente um país) e amanhã de manhã bem cedo vou visitar as maiores ruínas Maias do México na cidade de Palenque. – São mais de 15km de ruínas no meio da selva. Pesquisem!

Espero já ter ajudado um pouco a perceberem como se pode ganhar dinheiro.
Este texto foi só o levantar da cortina de um assunto muito vasto e cheio de exemplos para dar.

A única coisa que precisamos mesmo de saber é que quando queremos muito, muito uma coisa, o mundo pode dar as voltas que quiser mas nós conseguimos!!!
E se eu consegui, qualquer um consegue. E sabem porque? Vou contar-vos um segredo que ao início me deixava bastante envergonhada e frustrada. Quando comecei a viajar não sabia falar inglês! Bem “I’m Teresa and I’m from Portugal” não conta!
Sempre gostei mais de Espanhol e Francês e acabei por deixar o Inglês para trás…
Pois bem, se eu, sem saber falar nada de Inglês consegui viajar e ainda trabalhar na Austrália e aprender um inglês (quase) perfeito (coisa que me orgulho muito hoje 😊) qualquer um de vocês consegue.

Só precisamos de querer muito e acreditar ❤️

 

Desculpem se tiver erros. Texto escrito às escuras na cama de um quarto de um hostel partilhado com mais 9 pessoas.

9 thoughts on “Como é que faço para me sustentar? Como faço dinheiro para viajar?

  1. Incrível a forma fantástica como descreves e desmistificas como fazes tantas viagens! Quem nasce com alma de viajante não precisava dessa justificação mas ainda bem que o fizes-te para pessoas “que não saem do lugar” perceberem o esforço que existe por trás de quem viaja tanto!
    Por mais pessoas que vão atrás dos sonhos 💗

    Liked by 1 person

  2. Fantástico Teresa. De facto quando se quer muito uma coisa, consegue-se. Acredito que nem sempre será fácil, mas é o que levamos no coração que nos motiva. És um exemplo. Parabéns. Beijinhos

    Like

  3. Obrigado Teresa! Estou a ficar fã não sou do blog como no insta! Quem me dera ter essa coragem ( o dinheiro arranja se como dizes aqui) de conhecer o mundo sozinha! Vontade não me falta😜 infelizmente nós criamos os nossos limites porque quando queremos realmente tudo se resolve ! Grata pela rua partilha diaria♥️

    Like

  4. Que inspiração! Sem querer, de todo, te colocar alguma pressão… em tão pouco tempo que comecei a ler as legendas das tuas fotos e este teu “não blog”, tornaste-te uma verdadeira inspiração para mim!
    Essa tua paixão pelo mundo, por viajar… essa tua paixão pelo que a vida te dá todos os dias!
    Tenho 20 anos e ando na faculdade (último ano) e afirmo: “ Quando for grande quero ser como tu Teresa!”

    Like

  5. Olá Teresa,

    O visto Work&Holiday fizeste na Austrália ou tinhas de levar já de PT?
    E onde encontraste as ofertas de trabalho?

    Obrigada! E boa viagem ❤ Tou inspirada

    Beijinhos,
    Ruth

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s